Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

poder xamânico

Uma rapariga tinha vindo para uma sessão de sons, para ver se podia resolver o seu estado de cansaço e desorientação, que já durara mais do que um ano.
Ela acabou por contar que tinha participado numa cerimónia xamânica de ayahuasco – uma cerimónia de origem sul-americana, em que é tomada uma bebida que provoca alucinações. É usada para poder ver o mundo “invisível”, para ter acesso a visões, e que normalmente é usada sob orientação de um xamã.
É uma via iniciática que traz consigo riscos significativos, que demasiadas vezes são subestimados pelas pessoas que procuram este tipo de desenvolvimento espiritual.
A energia envolvida na cerimónia é controlada pelo xamã.  A pessoa que bebe a mistura de ayahuasco, abre o seu sistema energético e deixa-se levar pelas visões, pela experiência extra-sensorial espectacular. Uma experiência de profunda união com o Universo.... Entretanto, está completamente aberta, deixando a porta aberta para o xamã entrar e fazer uma ligação…deixando escondida dentro do próprio sistema da pessoa, uma energia que ele pode accionar à distância.
Após a experiência, e já de volta para a sua vida normal, a pessoa pode começar a sentir que o xamã continua exercer influência, sugando a sua energia quando quiser, criando uma espécie de dependência.

O ponto fulcral nisso tudo é a auto-confiança e a força da pessoa que se submete à cerimónia. É extremamente fácil pretender ter capacidade suficiente para enfrentar a energia invocado pela ayahuasco. Muitas vezes o xamã (ou guru, ou líder espiritual, ou qualquer pessoa que se assuma como iniciado) sabe trabalhar muito bem sobre alguém que anseia por uma experiência, mas que duvida da sua capacidade de a atingir por força própria. Tendo a auto-estima algo baixo, uma pessoa é facilmente convencida que só precisa de se deixar guiar, que  só precisa de iniciação…
Penso que sabemos todos como isso funciona - quem é que não se deixou já, nem que seja uma vez só, iludir por alguém mais forte, alguém com mais conhecimentos, mais experiência?

A rapariga estava cansada de se sentir manipulada por outros com quem só queria cortar. Não era só o xamã sul-americano, haviam outros que tinham conseguido controlo sobre uma parte da sua energia.
Agora só a vontade própria dela podia dar a volta à situação: só ela podia retomar a sua independência.

Na sua condição de Criação Divina, o Ser Humano não é suposto se sujeitar a dependências ou manipulações. O Ser Humano, no seu caminho espiritual, pode ir descobrindo a sua força criativa, a sua própria maneira de criar a sua felicidade. Nisso, somos todos iguais - e deriva da liberdade e independência de cada um, a felicidade de cada um. Repara - não se trata só da nossa liberdade individual, trata-se também de respeitar e fomentar a liberdade dos outros. Igualdade só existe se é para todos! É nesse respeito, essa vontade de ver TODOS os seres no seu esplendor original e único, que encontramos o Amor todo-abangente!
Cada um TEM acesso à Fonte da Energia Universal - e quem precisar sugar energia dos outros, ainda não percebe que também É uma Criação Divina, que também tem toda a força que precisa à disposição, directamente da Fonte. Por outro lado, quem ainda admite que outros lhe limitam a liberdade, também não aceita quem É. Em ambas as posições (a de quem se julga inferior e com menos valor, bem como a de quem se auto-proclama Guia) a pessoa se julga por si só insuficiente ou, no limite, incapaz de assumir a sua condição divina!
Enquanto houver manipulação, enquanto houver quem se sujeita à dependência, o pensamento humano, o seu Poder Criativo, estará sob influência do medo.
Tenho por certo que o medo é a base errada para a Criação de um Mundo Melhor - e não é isso que todos queremos?

5 comentários:

  1. Muito interessante
    Resto de Boas Férias!

    Manuel&Manuela

    ResponderEliminar
  2. olá!
    este relato poderia acontecido, infelizmente, com qualquer mestre e sem se estar sob a influência de qualquer alucinogéno.
    Concordo que devemos ter um certo cuidado onde nos metemos. Concordo que não devemos sujeitarmos-nos a manipulações ou dependências... todos temos o poder dentro de nós.
    mas não devemos generalizar o que aconteceu a essa mulher ao poder xamânico nem a qualquer um outro.

    Considero injusto que se generalize o xamanismo à má experiência que relata...
    e o respeito pela liberdade de outros xamãs?

    Todas as pessoas são diferentes e há de tudo no mundo!
    também é certo que vivemos juntos... e escolhemos viver com o Outro. E isso (também) serve para nos ajudar a saber quem somos... como reflexo do que nos rodeia e vice-versa, sem com isso termos de ter medo de ser manipulados.

    ResponderEliminar
  3. ups!! depois de ter explorado mais o fundo o blogue e voltado a ler o texto (ai os impulsos!) percebi que tinha interpretado o texto de uma perspectiva diferente. Esqueça o comentário anterior, peço desculpa :)

    concordo plenamente com o que disse... não precisamos de gurus para nada e a liberdade do guia ou pseudo-guia/guru acaba onde começa a dos outros :) beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Sendo iniciada na via xamânica, e tendo conhecimentos do trabalho importante de transformação energética, também tenho noção da responsabilidade que temos como xamãs. A possibilidade de manipulação está sempre a espreitar, e é extremamente fácil cair na sua armadilha. Temos que manter as nossas intenções e motivações sempre puras. Dito isso, devo acrescentar que o post não é só sobre xamãs. È sobre todos a quem entregamos parte da nossa soberania. Penso que todos sabemos que o submundo das "terapias alternativas" e de "esoteria" tem , tal e qual como o resto do mundo, pessoas que trabalham para o seu proprio ego sob a bandeira de desenvolvimento pessoal. o post só queria alertar para a responsabilidade final sobre o nosso Ser, que será sempre nossa.
    Grande abraço e bem haja pela contribuição

    ResponderEliminar
  5. Gostei de seu comentário, trabalho com Xamanismo, veja meu site www.pampamistico.com
    Abraço de luz

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...