Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Wesak: Compaixão e Sabedoria

O útlimo post falava sobre o momento que vivemos (a Lua Cheia em Touro vs. Escorpião), que pode ser aproveitado sendo uma oportunidade de encarar a maneira como lidamos com a matéria. E referi a uma das histórias da mitologia grega, que pode funcionar como guia neste tempo de afluências de energias astrais: o mito de Hércules (Heracles) e as suas 12 tarefas.
Os Gregos antigos tinham uma maneira muito particular de relatar as suas experiências espirituais - através da metáfora literária, método que assegura que apenas iniciados tinham acesso ao conteúdo esotérico. Assim, relatavam a via de ascensão através de um relato que se podia ler, num nível superficial e directo, como uma aventura.
De facto, durante a história da humanidade, o acesso ao conhecimento esotérico tem sido conscientemente limitado. Conhecimento oculto ou conhecimento do oculto - de facto durante séculos não era assunto para ser discutido abertamente.
Uma das razões muitas vezes avançada, era que o conhecimento oculto dava poder a quem tinha acesso. Por isso, a aprendizagem tinha que ser supervisionada e acompanhada por uma aprendizagem ética. Vemos isso, por exemplo, no percurso proposto pelos Templários e Maçonaria, mas também no que é habitual no Budismo Tibetano.

Actualmente, há uma abertura diferente acerca dos assuntos. Os tempos mudaram. 2012 aproxima-se, e seja o que for que mudará, temos a certeza que precisamos de preparar-nos. Agora mais do que nunca, é necessário tomar consciência de quem Somos, ao nível da Alma. É preciso termos noção como funcionamos, tomar consciência das escolhas que temos.

Por isso, não é de admirar que cada vez mais há abertura, que permite não só que se fala sobre o lado oculto da vida (oculto, i.e. o lado não imediatamente visível com os olhos físicos), como também oferece mais oportunidades para que se recebe a mensagem.
(fonte da imagem)
Efectivamente, é algo completamente diferente... podemos ouvir as mesmas palavras vez após vez, e perceber com a nossa mente racional o que significam... mas isso não quer dizer que haja o entendimento profundo que leva ao crescimento e a mudanças na nossa vida e no nosso comportamento.
Apenas quando abrirmos o coração e começamos a sentir o significado, chega o entendimento. Apenas quando juntamos a cabeça ao coração, a nossa sabedoria à compaixão (= amor todo inclusivo), e sentimos as palavras ao mesmo tempo que as ouvimos, a Mensagem começa a passar.
A Sabedoria - força feminina - que se junta à compaixão - força masculina.  O budismo Vajrayana descreve a compaixão como o aspecto activo da mente desperta, enquanto a sabedoria ou entendimento é o aspecto passivo (na imagem vemos a sua representação simbólica, respectivamente pela Dorje e o Sino) A sua conjugação é preciso para um Despertar completo.

É uma tarefa que agora é mais urgente do que nunca: procurar o equilíbrio e a conjugação entre o que temos em nós de aspectos masculinos e de aspectos femininos. Permitir que sentimos no coração onde vai o nosso caminho e que actuamos a partir desta intuição. Perdoar-nos que às vezes esquecemos de tratar com respeito tanto a mulher que há em nós, como o homem que há em nós. Perdoar-nos e pedir perdão para os momentos em que abandonámos uma parte em favor da outra - para poder ser inteiro novamente

Sol em Touro e Lua em Escorpião fala-nos disso. Fala da necessidade de encararmos a dualidade e ultrapassá-la, deixando que o desejo físico ou material seja domado pela vontade divina - a alma.
Wesak, o momento de passagem de energia entre Shamballa (o centro planetário da cabeça), a Hierarquia Espiritual (centro planetário do coração) e a Humanidade (centro planetário da garganta), é o momento excepcional para podermos ter a experiência da ligação entre cabeça e coração.
Happy Wesak!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...