Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Lua Cheia de Julho 2011: Ser ou não Ser, eis a questão...

Nas últimas semanas passamos por três eclipses seguidos. Estas ocasiões constituíram uma oportunidade única para sentirmos os mistérios da Vida;  para podermos entender, orientar, e afirmar a direcção em que o nosso caminho nos leva. O Universo ofereceu-nos apoio para abrirmos para a Essência.

 A próxima fase inicia-se na Lua Cheia de 15 de Julho, às 6.40h de manhã - a Lua estará em Capricórnio, o Sol em Caranguejo. A conjunctura vai insistir para respondermos à questão: Ser ou não Ser? O que é a tua escolha?
Já há alguns meses, muitos de nós têm sentido que o Universo estava a provocar-nos para examinar, reformular, definir os nossos objectivos e a nossa visão para o caminho a trilhar. Altura de escolhas, de definir opções, de pronunciarmos.
Agora, a conjunctura indica que é necessário transformarmos as noções a que chegamos em acções: é necessário mudar. Todos que ainda não fizeram uma auto-examinação, que não iniciaram a sua transformação, vão sentir que o Universo os confronta com a necessidade de entrar em acção antes que seja tarde para fazer a diferença. Trata-se de tornar-nos quem SOMOS, para poder fazer o que realmente queremos fazer na vida. É isso que está neste momento escrito em letras maiúsculas na agenda cósmica...   É somente após de deixar para trás todas as nossas dúvidas, todos os nossos medos, que a nossa verdadeira natureza se começa a mostrar. É só aí que teremos acesso à confiança e a todas as nossas capacidades, e seremos capazes de enfrentar as dificuldades e sofrimentos que os nossos pensamentos e acções do passado criaram para o momento actual. Quando somos quem somos, seremos capazes de enfrentar plenamente o nosso karma - para o poder resolver.
Veremos:
Caranguejo remete para o sentimento do lar, da família. É o quarto signo no ciclo astrológico - altura em que se manifestou o desejo na Alma Divina para se exprimir através da matéria mais densa, de incarnar. E para isso é necessário uma forma, um corpo, um Templo para a Alma. 
Ensinamentos esotéricos expliquem que a Lua é mais velha do que a Terra, e que a evolução humana primeiro acompanhou a evolução da Lua antes de chegar o momento certo para ser entregue à Terra em forma de "conceito humano" (ou seja, algo diferente do que somos agora). E desde tempos ancestrais, astrólogos associam simbolicamente com a Mãe de todas as Formas, a Lua... Assim, foi no signo de Caranguejo que teve lugar o primeiro passo para o "tornar-se humano" - e é em Caranguejo que encontramos pistas para o entendimento da Lei da Reencarnação ou renascimento.

Ao reencarnamos, precisamos de reconhecer e entender que a nossa viagem através deste mundo é como entrar num campo de batalha cheia de minas explosivas, e precisamos de toda a nossa sabedoria e intuição para poder navegar em segurança. Somos recompensados por este esforço quando realizamos que nós próprios estamos na origem de grande parte das frustrações, problemas, barreiras e obstáculos que encontramos...
Os problemas encontram-se no nosso caminho para a nossa aprendizagem e crescimento - e as coisas funcionam mesmo, se estamos dispostos a não tomar tudo por certo, mas sim apreciar e agradecer para a tomada de consciência que a experiência nos oferece. 
Medos, insegurança, invejas, receios, tristezas e ira... são emoções que foram criados em experiências passadas e se não as encaramos, ficamos refém delas. Mas no momento em que tomamos as rédeas da nossa vida nas mãos, assumindo a responsabilidade, podemos descobrir que é possível mudar o comportamento, o pensamento, as palavras. Que podemos tornar-nos em quem somos, e que o pleno potencial da nossa força da criação, da nossa intuição e sabedoria pode manifestar-se.
A quem não descobriu a si próprio ainda, a quem se esconde ainda atrás de padrões de comportamento herdados do passado, esta Lua Cheia perguntará: Vais responder à chamada de Ser - ou continuas a não Ser quem És? Ser ou não-Ser, eis a questão....

As características do Caranguejo encontram-se no simbolismo da Lua: a força feminina que dá forma. Refere ao nascimento (a Alma que encontra forma na Matéria), à construção do Lar para a família, à sensibilidade para impressões vindo de fora ou de dentro..
O grande obstáculo para as experiências no signo do Caranguejo é a extrema sensibilidade e a reacção imediata às sensações. Encontramos aqui a semente do conflicto do espírito com o ambiente em que se encontra.O objectivo final é que o Ser Humano aprende... para não reagir imediatamente às emoções normais da personalidade (irritação, tristeza, ira.... ) mas sim superá-las e transformá-las, guiadas pela própria Alma, em compaixão...Amor puro que tudo abrange. O resultado será que o Ser Humano pode sentir a liberdade de estar no mundo como Ser Unificado.
Um Ser Unificado que construiu a sua própria casa, iluminada por dentro, atraente como um íman, pela luz e calor que emana.

Meditação da Lua Cheia
sexta-feira, 15 de Julho às 21.00h
Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora.

É costume que os participantes trazem uma oferenda para o sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha ou flor... ou o que sentem como adequado para exprimir agradecimento.
A participação na cerimónia /meditação em si é por donativo.

4 comentários:

  1. Gostei muito do seu texto Rietske. Eu o encontrei aqui:
    http://stelalecocq.blogspot.com/2011/07/lua-cheia-15-de-julho-ser-ou-nao-ser.html
    Estou compartilhando no FB.
    Parabéns.Já estou como seguidora.
    Namaste!
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  2. Muito bom, agradeço aos Mestres, pela rara inspiração e tamanha bondade e partilhar seu conhecimento. Paz, harmonia, amor e luz para todos

    ResponderEliminar
  3. Agradeço aos Mestres que trabalham em conjunto para nós podemos aceder à Sabedoria Universal!

    ResponderEliminar
  4. Como há já algum tempo não nos encontramos, vim dar uma olhada no blog, e como sempre feliz por ficar a saber um pouco mais, e ir de encontro a mim mesma!!!
    Obrigada Rietske;
    Paz e Saúde
    Namasté

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...