Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Lua Cheia em Gémeos, Sol em Sagitário : Cerimónia de Fogo

No prelúdio para o Solstício do Inverno, o dia 28 de Novembro vai nos trazer um eclipse da Lua Cheia.

Qualquer tipo de eclipse é um transito de grande impacto e poder de influência. Em função da carta astrológica de cada um, há uma influência directa que nos impulsiona para avançar porque ela alimenta a consciência que a nossa sobrevivência depende da nossa capacidade de crescer. Mesmo quando não sentimos o efeito directamente, a essência da energia do eclipse atravessa as nossas acções e os pensamentos.
A Lua Cheia do mês de Novembro, com o Sol em Sagitário, aparece em Gémeos, e a sua mensagem é cristalina: Nas sombras dos nossos segredos encontra-se a resposta que precisamos para ultrapassar os tempos bons e maus que temos à nossa frente.
Nas sombras dos nossos segredos, estão os nossos preconceitos, medos, mágoas e dúvidas - as facetas que nos impedem de avançar com coragem para o desconhecido, à procura da Luz e as respostas ao fim do túnel da vida.

O signo de Sagitário, o cavalo/arqueiro, traz à Humanidade a energia e a força que apoia a evolução da nossa Alma, no sentido que possibilita o direccionamento dos nossos pensamentos, desejos e ambições para um objectivo fundamental: a União com o Universo.
Um período de paixão e idealismo!
Nestes tempos que correm  há consciência que aproximamos o fim de um ciclo. Aproximamos o fim de uma Era, e o momento de viragem coincidirá com os dias mais curtos do ano.
É a época em que a natureza por seu lado, lembra que pertencemos à Terra - a fonte que nos alimenta e que mantém a vida, renovando e revitalizando ciclicamente a energia que percorre tudo que É. Cada vez mais profunda fica também a realização da necessidade de manter pura essa fonte que nos alimenta e sustenta!
O mesmo é o caso  com os nossos pensamentos, ideias, comportamentos, que formam a base da nossa experiência da Vida. É de grande importância procurar e manter a nossa integridade, a nossa essência, e asegurar que os nossos medos, mágoas e dúvidas não escurecem a Fonte em nós.
Quando sentimos paixão para uma causa, existe a disponibilidade de mudar o comportamento para poder atingir o objectivo. A força que nos assiste é a vontade de pôr de lado as falhas e as desilusões.
A Lua em Gémeos pede para exprimir e exteriorizar o que está escondido nas sombras. O eclipse da Lua Cheia abre uma janela para ver a resposta nas sombras dos nossos segredos. A resposta é olhar de frente os nossos medos, as nossas mágoas, as nossas dúvidas - e a solução aparecerá.
Gémeos pede para resolver a dualidade e a luta interior - entre quem somos e quem aparecemos ser; entre a mulher interior e o homem interior; entre o desejo e o medo de nos unir com os outros.

Durante o período da Lua Cheia, o nosso ser está mais aberto para receber informação dos nossos guias espirituais. É um tempo emocional: facilmente surgem as feridas que necessitam cura, como também pode surgir com clareza o caminho para seguir, quais as emoções que pedem para ser exprimidas, quais as tensões que precisam ser libertas.

Por todas as razões acima, propomos para a Cerimónia da Lua Cheia, uma cerimónia de fogo.
Na cerimónia será dedicado um momento específico para a transformação dos segredos que repousam nas nossas sombras. Convido a quem quiser participar, para escrever num papel os aspectos que está decidido de se libertar, e dos quais está pronto a desapegar.
As intenções podem incluir questões físicas, feridas emocionais, medos, dúvidas, assuntos não-perdoados, culpas, auto-julgamento... 
O Fogo transformará e libertará para o Universo a intenção e iluminará o caminho para a solução.

Celebração e Meditação da Lua Cheia
Local: Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora
Data: 28 de Novembro (quarta-feira)
Início: 18.00h.
Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequado para exprimir a gratidão. Participação na cerimónia por donativo.



quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Caminhando para o início de uma Nova Era


Para o fim do ano de 2012 há várias actividades planeadas. Todas elas são desenhadas para serem uma preparação para a mudança energética ao nível cósmico, que está a desenrolar, e que terá o seu ponto alto no Solstício do Inverno, no dia 21 de Dezembro.
 
Há muito que se fala sobre o fim do calendário Maia, e estamos agora mesmo à porta da data indicada. As profecias acerca do fim de uma era e do início de uma outra, parecem referir não propriamente ao fim do mundo, mas antes a uma mudança na maneira que o Homem se relaciona com o Universo. O entendimento que todos somos UM, será mais clara, e a União poderá ser vivida por todos. (ver também)

A nossa consciência de quem somos, mudará. Aprendemos no passado identificar-nos com a nossa personalidade e ego, separados dos outros e individualizados. A identificação era com um “eu” contra os “outros”.O que é anunciado, é que teremos acesso a uma outra dimensão, em que podemos sentir o outro como sendo parte de nós…

A adaptação ao novo paradigma vai requerer flexibilidade, e disponibilidade de deixar para trás os pensamentos e comportamentos padronizados. A aprendizagem até agora baseou-se na experiência dolorosa: era a partir do sofrimento passado que decidimos o comportamento e fizemos as nossas escolhas.

O novo paradigma vai pedir-nos estar presente, no aqui e agora: ter atenção plena para o que É neste preciso momento, para poder fazer as escolhas que beneficiam o conjunto de que fazemos parte – e não só o nosso ego. Por termos consciência que somos em conjunto o Universo, vamos sentir que tudo o que não faz bem ao conjunto, prejudica a nós também.

Os que fazem com dedicação e compassivamente o seu caminho espiritual pessoal, estão sem dúvida habituados a libertar a energia do passado. Chegou o período em que podemos passar para outro patamar ainda: com a força de criação de que dispomos através da nossa mente, podemos criar uma outra realidade para nos mesmos. Podemos curar no aqui e agora o que há de mais profundo no comportamento condicionado: a memória das células e o karma familiar.

As actividades de Novembro e Dezembro oferecem espaço e acompanhamento para preparar a mente e o corpo para a ascensão. Visa-se de integrar todas as camadas do Ser dentro da forma material do corpo físico, limpo e livre de emoções destrutivas. Assim, podemos viver o acesso à outra dimensão inteiros, iguais à nós próprios, Unos com quem Somos e com o Universo.

O programa com a descrição dos workshops encontra-se na página 21-12-2012.


We are transcending the ego into soul

the mind merging with the heart
Thinking into feeling
to create the bridge to the spiritual world
We are unifying the dimensions
the polarities
We are dislodging the old paradigm that was laced in fear
and transcending the soul into divine love
for we are all connected inside this tangled web
inside the crystalline energy of the core mantle of Mother Earth
We are in the process of unification
with all dimensional planes of the ethereal realms
Inside the heart lies the key
We are all coming together
as
one
 
~Jeff Andrews
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...