Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Lua Cheia em Leão, Sol em Aquario: Aceitar o propósito da tua vida


O momento exacto da Lua Cheia de Janeiro, é no domingo, 27 de Janeiro, às 4.38h de manhã.
A meditação no Cromeleque será na véspera, sábado 26 de Janeiro, a partir das 17.15h.

O Sol está no signo de Aquário, o portador da bilha de água. A imagem associada, é um ser humano que segura a bilha, a partir da qual flui água. O ser humano, que tem no seu destino distribuir dois fluxos de luz para todos que solicitam: de pé, na luz da plena consciência de quem é, Aquário empenha-se totalmente, para que a união entre todos possa ser criada, na base de amor e verdade.
 Mas oposto ao Aquário encontramos Leão, que faz com que o ser humano se vê como o centro do seu mundo. O desenvolvimento de auto-consciência e da individualidade é característica do Leão... que trabalha para o seu próprio bem-estar e interesse pessoal. É no Leão que encontramos a coragem de ser quem somos individualmente. No entanto, na oposição com Aquário, Leão encontra a sua realização, percebendo que a força da sua auto-consciência e auto-estima pode ser posto ao serviço do conjunto maior em que ele trabalha e funciona.

Mais do que qualquer outra altura, é na Lua Cheia em Leão, que se encontra iluminada pelo Sol em Aquário, que podemos exprimir o que nos vai na alma. Erguendo-nos na nossa força individual, sem falsa modéstia ou orgulho arrogante, podemos tomar consciência do nosso lugar na Terra, da nossa vocação na sociedade, do propósito que a nossa Alma tive quando escolheu nascer neste mundo. Após a tomada de consciência, é altura de aceitar que trazemos toda a força em nós para poder realizar o nosso propósito. Já não porque existe a necessidade e o desejo de "fazer o bem", mas sim porque existe a vontade de exprimir quem somos.

No nosso processo de adaptação à Nova Era do Aquário, somos capazes de reconhecer o fogo da paixão e a esperança profunda que surgem na alma quando encontramos uma causa em que realmente acreditamos. Sentimos bem connosco quando podemos dedicar-nos, sem segundas intenções, a uma causa que inclui o bem comum e o bem-estar de todos. Aí sentimos o significado do Amor Incondicional, que existe sem necessidade de receber nada em troco, nem sequer reconhecimento!

Da plenitude que experimentamos quando somos capazes de permanecer neste amor incondicional, resulta que tornarmos num modelo, um exemplo, porque mostramos que é possível practicar os valores mais elevados na vida do dia-a-dia, simplesmente aceitando e exprimindo o nosso Ser.

Nas sessões de meditação, o trabalho interior segue os ciclos do ano. Janeiro é o mês em que o ser humano percebe que a mudança é possível e que somos nós que precisamos de tomar acção para que a mudança tenha lugar. Equilibramos os nossos sistemas e chakras, reflectimos sobre a mudança (impermanência) e a equanimidade, e esta última semana re-conectamos com a nossa fonte, a nossa origem, e permitimos aos nossos sistemas físicos, o nosso corpo, de receber de volta a energia da nossa própria Essência.
Quando aceitamos a nossa Essência, podemos ter um olhar renovado a quem somos. Sem julgamento, sem rejeição dos aspectos que consideramos anteriormente como "maus" nem apego aos aspectos que costumámos rotular de "bons".  Se aceitamos, sem reservas, o leque completo do nosso ser, gradualmente se desvendará a direcção e o propósito da nossa estadia temporária nesta vida.

Durante o período desta Lua Cheia, é nos proporcionado uma visão clara de quem É o nosso Eu autêntico e verdadeiro... o que nos clarificará sobre o propósito sagrado da Vida.

A Lua Cheia convida para sentir-te a ti, a exprimir tudo que te vai na alma.
A seguinte intenção pode acompanhar a meditação da Lua Cheia:
"EU SOU o próprio Amor. Tenho a coragem de exprimir com autenticidade o que me vai na Alma. Tenho a coragem de tomar a acção necessária de modo poder dedicar-me à minha contribuição para o bem-estar de todos. EU SOU e mostro sem reservas, quem SOU.

A celebração /meditação da Lua Cheia terá lugar no
sábado, 26 de Janeiro, às 17.15h no Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora.


Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequado para exprimir a gratidão.
A participação na cerimónia é por donativo.
Estão todos bem-vindos!  







Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...