Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Fazer o Salto: Lua Cheia em Sagitário, Sol em Gémeos

No próximo sábado, dia 25 de Maio, celebramos novamente a Lua Cheia. O Sol encontra-se em Gémeos, e a Lua estará a passar pelo signo de Sagitário.
O período da Lua Cheia, quando a luz do Sol ( força do masculino) é reflectida para a Terra pela Lua (força feminina), é o momento por excelência para poder equilibrar os opostos que existem em nós.
O signos Gémeos-Sagitário formam um par de opostos, entre os quais podemos encontrar um equilíbrio: entre a União com o Universo por um lado.. e a dualidade e separação por outro lado.

A terceira Lua Cheia do ano astrológico, celebra o desejo ardente de amar e ser amado: estar em União com o Outro e viver a plenitude da partilha do amor, ultrapassando a dualidade.

Quando o Sol passa pelo signo de Gémeos, o ser humano tem tempo para compreender a dualidade que existe entre o nosso ser Superior e o ego; tempo para ultrapassar esta dualidade e unir os dois aspectos. O Ego vive com base na sua sensação de separação, devido à consciência do seu aspecto fisico e biológico. Durante este periodo pode ter lugar a transformação desta consciência, levando à experiência de uma União, através do Ser Superior. É um processo em que a Humanidade como um todo se encontra - um processo que todos precisamos de percorrer.
No céu, quem nos guia é o signo de Gémeos - ou seja, os irmãos Castor e Pollux. (para ler mais sobre o mito de Castor e Pollux, ver aqui)

Tempos conturbados. Questões profundas emergem, e às vezes pode parecer que alguém, com uma observação aparentemente fútil, nos atinge directamente no coração... lembrando-nos que a sincronidade existe, que estamos todos juntos no mesmo barco!
Podemos sentir a necessidade e a urgência da mudança, ainda mais num mundo que parece querer destruir-se. Para que a mudança possa ter lugar, precisamos de ter visão, e entender que  mudança é possível.  Se não fazemos mudanças dentro de nós, se não nos libertamos o nosso corpo emocional, da herança do passado, não nos é possivel ter a percepção da mudança como possível!

A conjuntura convida para fazer o salto: tomar consciência  da visão do Sagitário, e elevar a experiência da União com o Universo que podemos ter internamente, para o nível de Gémeos: integrando a realidade física da sociedade em que vivemos com a realidade espiritual do Oneness, que desejamos criar.

Visto que a Lua Cheia coincida com o retiro em Vimieiro, a meditação da Lua Cheia no Cromeleque terá lugar na terceira noite do período da Lua Cheia.

Cerimónia e Meditação da Lua Cheia
Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora
Domingo, 26 de Maio a partir das 22h

Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequada para exprimir a gratidão.
A participação na cerimónia é por donativo.
Estão todos bem-vindos! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...