Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Os desafios do momento: eclipse lunar de 25 de Maio

Some people think their blockages are working against their mission.
That this keeps them from contributing, but it is not so. You are exactly at the point you have to be. You have the responsibility to open it up and not to pass it on. (Gregg Braden)

Como referi no último post, estamos a passar por um período em que Urano se encontra frequentemente em quadratura com Plutão. Ao nível da nossa vida pessoal, isso posso significar um tempo de grande turbulência interior. Sentindo a motivação para enfrentar uma mudança de fundo, ao nível da maneira em que encaramos o nosso lugar no mundo, podemos ter ao mesmo tempo uma profunda consciência da nossa insignificância perante o Universo. A última sensação sublinha uma condição de dualidade, enquanto lá no fundo, sabemos que a mudança que precisamos de enfrentar, requer que estamos em União com o Tudo-Que-É.

Como cereja em cima do bolo, estamos ainda a passar por uma série de eclipses. A Lua Cheia de 25 de Abril já conheceu um eclipse; houve um eclipse solar a 9 de Maio, e na próxima Lua Cheia, no 25 de Maio, haverá novamente um eclipse lunar.


Ao passar por um alinhamento tão poderoso como este, em que três eclipses se seguem, experimentamos grandes mudanças ao nivel da nossa consciência. Momentos de entendimento profundo de onde estamos e para onde estamos a ir; processos de transformação intensa; emoções agitadas e perturbadas, e muita limpeza e purga!
No próximo sábado à noite, a trindade de eclipses ficará completa. Com a energia da Lua Cheia podemos ver onde estamos, e reconhecer sem julgamento todos os aspectos do nosso Ser que vieram à superfície no periodo que se vai fechar. Havendo um eclipse, haverá ao mesmo tempo uma energia semelhanta à Lua Nova, que nos permite a libertação e a entrega, para que a semente para um novo período seja plantada. Agora podemos entregar-nos: à Vida que respiramos, à Terra que nos acolhe, ao Caminho que trilhamos.

É altura para perceber que os bloqueios e conturbações que experimentamos, não são o que parecem. O que podemos ver como impedimento para avançar, é na verdade uma oportunidade para perceber a nossa verdadeira natureza, e uma fase essencial no caminho para encontrar o propósito desta vida.
Cada luta interior, todas as dúvidas, todos os receios, são memórias de um passado doloroso e expectativas sobre um futuro que não sabemos qual será. Influenciam a nossa mente de tal modo, que acabamos por retrair-nos - ficando presos ao passado e reféns do futuro. E confirmamos que existem impedimentos, criando-os de novo.
Não é de admirar, que ficamos separados do fluxo da vida propriamente dito, que acontece no presente!
Por outro lado, podemos optar por sintonizar-nos com a Vida que nos rodeia. Perceber que tudo está ligado, que todos nós fazemos parte integrante da Terra e do Universo, e o nosso contributo para o bem maior de todos, consiste em aceitar esta União.
Deste modo, tudo que nos acontece, é exactamente o que precisamos. Precisamos de descobrir os bloqueios... e sabendo que existem, podemos abri-los como se fosse uma mala, para ver o que carregámos do passado para o presente, e libertar. Esta é a nossa responsabilidade: limpar e esvaziar a mala do karma. É o nosso propósito voltar à essência, simplesmente aceitando que somos, igual a nós próprios, perfeitos no estado em que nos encontramos agora. Em mudança contínua... tal como a Natureza.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...