Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Lua Cheia em Gemeos, Sol em Sagitário: ferramentas para alcançar o objectivo

No dia 17 de Dezembro, às 9h49 de manhã, vemos a Lua Cheia em Gémeos, enquanto o Sol está em Sagitário.
Sagitário é o signo que nos ajuda orientar a nossa atenção para novos objectivos espirituais, e no decorrer do período de Sagitário é revelado um objectivo específico que está ao nosso alcanço se nos orientamos para isso. É mais um objectivo no nosso caminho espiritual: logo que alcançamos, surgirá um novo objectivo! Esta busca contínua, que tanto caracteriza o Sagitário, podemos chamar aspiração.

Aspiração - ou a busca de uma expressão e comunicação mais elevada e mais pura da essência da vida  interior - é o objectivo da personalidade (ego) à procura de se unir com a Alma.
Se para alguns a aspiração é exercida na forma de ambição, para outros significa que seguem intuitivamente o seu ideal.

Para o Sagitário poder direccionar as setas, precisa que encontramos uma forma de equilíbrio : uma mão firme com um olhar estável e uma atitude calma. No mundo em que vivemos, muitas pessoas sentem que há uma evolução ao nível intuitivo que favorece o direccionar da nossa energia para um objectivo mais elevado. Cada vez mais encontramos oportunidades e apoios para poder transformar a ambição emocional e egoica, em aspiração espiritual e presença intuitiva. Felizmente, há muitas formas de meditação disponíveis para pessoas com as mais diversas especificidades ( de carácter, preferências culturais, disponibilidade em tempo, etc)
Meditação é um treino da atenção, para poder aprender o direccionar da atenção plena e concentração na vivência interior. Assim, a atenção aprende não só como descodificar os sinais da Alma, como também confiar nestes e seguir e honrar os mesmos.

Com esta aprendizagem, a personalidade (ego) aprende aceitar a visão da Alma, que mostra a direcção a tomar na vida. Aprendemos aceitar a Alma como guia, que dá orientação e direcção. A partir desta aceitação, é desperto na personalidade a vontade consciente de uma união com o Grande Plano.
Eventualmente, o objectivo da Alma é poder exprimir o Amor e Sabedoria. A conjugação entre estes dois aspectos é sempre altruista e desinteressada, em dedicação total ao Bem Comum. O Sol em Sagitário é um apoio quando tomamos consciência disso!

Entretanto, a Lua está em Gémeos - flexível e com capacidade de adaptação. Isto pode ser um handicap quando precisamos ser decididos e firmes. Nos tempos que correm, em que há tanta mudança interior, há tambén um entendimento crescente que precisamos de nos orientar para novos rumos. A capacidade de nos adaptar aos ventos que mudam, pode ser flexibilidade a mais, quando a utilizamos para evitar o confronto com os nossos hábitos antigos. As maneiras de ser que aprendemos dos nossos pais, ou que desenvolvemos em tempos difíceis passados, precisam de ser revistas quando surgem novos objectivos. É preciso dedicação e firmeza para poder mudar sem fugir do essencial!

O senso comum é importante. Como lidamos com os nossos próximos? O que queremos alcançar com aquilo que exprimimos? Somos honestos nas aspirações ou temos antes ambições? Tentamos manter a paz, fazendo um zigue-zague e pretendendo silêncio interior? Ou somos capazes de estabelecer um objectivo para a nossa evolução e dedicar-nos para o alcançar?
A Lua Cheia de 17 de Dezembro pede para consideramos o que fomos no passado, aceitar sem complexos e com lucidez o que estamos a fazer. Para poder mudar o rumo, é preciso levar para uma consciência plena quem somos agora. Sem julgamentos, sem complexos, mas sim, com gentileza e bondade. Só assim, podemos ver a força que realmente temos.
É altura de recomeçar. Estamos quase a iniciar o ano de 2014 e é tempo de estabelecer objectivos.
Penso que merecemos finalmente a liberdade emocional. Faço votos que podemos todos saborear a liberdade que tanto desejamos!

Celebração da Lua Cheia
Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora
Terça-feira, 17 de Dezembro de 2013 às 17.30h
 
É costume trazer uma oferenda para agradecer ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma flor... ou o que achar adequado para exprimir a gratidão à Mãe Terra.
A contribuição para a cerimónia em si, é por donativo. 




 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...