Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Lua Cheia de Gémeos/Sagitário: o que somos é resultado do que pensamos

A primeira Lua Cheia do ano solar - coincidindo com a festa da Páscoa - celebra a renovação da Luz. É a festa da vontade divina que se exprima no (re)nascimento do Ser Humano.
A segunda Lua, na festa de Wesak, trouxe as bênções do Buda. É uma festa que celebra a Luz do conhecimento, da sabedoria, do Amor-e-Bondade.
A terceira Lua Cheia do ano solar - que acontece cerca da festa cristão de Pentecostes - traz até a Terra uma concentrada energia que permite fazer a integração do Amor Divino na nossa condição de seres humanos. É como se a Lua Cheia nos alimente, espiritualmente, com a vontade intensa de amar.
Depois do primeiro ciclo, dedicado às forças de Restauração, veio o segundo ciclo dedicado à Iluminação, para passarmos agora para a celebração do terceiro ciclo, dedicado à Reconstrução.

É quando o Sol passa pelo signo de Gémeos que temos a oportunidade de entender a dualidade que existe, dentro de nos, entre o Ego (ou Eu Inferior) e o Eu Superior. Através do entendimento podemos ultrapassar a dualidade, levando a União.

 O Ego vive a partir do princípio da separação, com a ideia que existe em separado do resto do mundo. Quando, em meditação, começamos a sentir a ligação com o Grande Conjunto,  podemos ir além do pressuposto que existimos em separado, e transformar a dualidade até chegarmos a uma consciência plena da União-com-o-Todo-que-É. Vivemos assim a ascensão da consciência, que resulta do processo que enveredamos em 2012 (e que está a decorrer ainda em pleno) por vezes denominado de ascensão de 3D para 5D.
Muitos têm sentido na sua alma um apelo forte para assistir a humanidade - as pessoas que todos os dias estão sujeitas às dificuldades da vida - para chegarmos em conjunto a um entendimento da nossa essência divina e força criativa.

É um proces grande e colectivo em que nos movemos da dualidade para a consciência da União; processo que é guiado pelo signo de Gémeos, por excelência o signo da dualidade. Castor e Pollux, as duas estrelas principais do signo, simbolizam a dualidade entre a personalidade e a Alma - tanto do ser humano individual como da Humanidade como um todo. Segundo o mito, Castor (o Eu Inferior) acaba por morrer e Pollux (o Eu Superior) ganha a imortalidade. (ver este post dedicado ao tema)

Gémeos é um signo de Ar - e Ar é o elemento ligado ao pensamento. Central neste período está o pensamento puro, o pensamento adequado para conseguir uma relação fértil entre o Eu Inferior e o Eu Superior, que resultará em União. Observar com disciplina o pensamento, reformulando continuamente os pensamentos que nascem da dualidade, faz com que a mente lógica se cansa, aceitando a sua condição e acabando por se entregar ao silêncio interior. Neste silencio, o que nasce no coração pode começar a fazer-se ouvir e sentir, levando ao nascimento da Consciência que está em União. 

É claro que um processo como este, que liga opostos e leva a um síntese entre os dois polos da dualidade e união, pode provocar fermentação, briga interior, tensão, acção e reacção... Em tempos de turbulência, a energia do período de Lua Cheia pode constituir um apoio importante, visto que traz para a Terra e para todos que estão disponíveis para receber conscientemente, uma concentração da força que precisamos para resolver o conflicto interior entre lógica e intuição, entre Ego e Alma, entre dualidade e união...
É um momento para sentir que Somos, todos juntos, UM.

O que somos é resultado do que pensamos. A mente é tudo. Tornamos naquilo que pensamos.

Cerimónia e Meditação da Lua Cheia
Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora
13 de Junho de 2014, às 20.15h
É costume trazer uma oferenda para agradecer ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma flor... ou o que achar adequado para exprimir a gratidão à Mãe Terra.
A contribuição para a cerimónia em si, é por donativo.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...