Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

SuperLua em Touro, Sol em Escorpião: hora de decidir

Hoje vamos poder assistir a um espectáculo raro: uma Lua Cheia tão perto da Terra que parece 30% mais brilhante do que em média - uma "Super Lua".
Quem se habituou a observar os ciclos da Lua, não é inédito ver uma Super Lua - em Outubro vimos uma e a Lua Cheia de Dezembro também será maior do que habitual. Mas hoje é um pouco diferente: o alinhamento da Lua com a Terra e o Sol (momento da Lua Cheia) terá lugar duas horas após o perigeu (no ciclo da Lua, o ponto em que ela está mais perto da Terra) e por isso, esta Lua é bastante mais intensa.

A Lua de Novembro, tradicionalmente, é chamada a Lua das Oferendas. Fazer uma oferenda significa que se tira um momento para pensar naquilo que passou e mostrar gratidão pelo que está para vir.
Nas meditações de Lua Cheia lembramos o carácter cíclico da vida, e reflectimos sobre as coisas que descobrimos, aprendemos e libertamos no ciclo que fecha. Uma oferenda é feita para lembrar em gratidão a evolução e marcar na consciência as aprendizagens. A gratidão é a fase final das lições kármicas que são levadas a um final e leva a um momento de paz e confriança, antes do início de mais um ciclo.

A Lua está em Touro, o que pode aumentar mais ainda essa sensação de paz e confiança, tanto ao nível material como ao nivel emocional. Para os que não chegaram ainda ao ponto de ter (auto)confiança, e que tendem a fugir em estrategias de defesa e desejo inadequado de estabilidade: agora é o momento de fazer decisões! A energia destes dias ajuda a fazer decisões que levam a mais alegria de viver.
Desfruta e aprecia os momentos da vida, todos os momentos. A Lua Cheia oferece uma pause, um "time-out" em que podemos deixar de pensar naquilo não gostamos no mundo, e em vez disso, pensar naquilo que desejamos de coração. Não deixa que as circunstâncias distraem a atenção: se desejarmos para o mundo mais paz e amor para o próximo, vamos ter que criar isso mesmo. Se queremos mais alegria na vida, é altura de ver a beleza que existe, apreciá-la e agradecer a harmonia que encontramos. Temos a capacidade de partilhar alegria, ou estamos ainda no papel da vítima, oferenda no altar da vida? Enquanto sentimos vítima, não somos capazes de partilhar a alegria da nossa alma. Temos agora a oportunidade de descobrir a que lado estamos, e fazer uma escolha consciente: Amor ou medo? Ódio ou alegria? Onde queres estar?

A Lua em Touro encontra-se oposta ao Sol em Escorpião - signo que simboliza grandes mudanças, no ser humano individual e na humanidade.Nos tempos em que vivemos, sentimos o desafio de deixar os trilhos pisados do passado para avançar para novos caminhos, caminhos de liberdade e renovação.
Escorpião vai chamar o que está escondido nos armários da memoria remota, para levar à atenção consciente. Uma acumulação de atitudes mentais conflituosas, provenientes da consciência colectiva; hábitos que só agora percebemos que estão prejudiciais; conceitos que agora percebemos que não estão a contribuir para o bem comum - Escorpião fará a pressão necessária para que esses assuntos surgem e são resolvidos através de um pensamento justo e harmonioso.
Escorpião é o signo dos grandes testes, do Tudo-ou-Nada, das escolhas de fundo. Não é possível escolher o "nim": a evolução da nossa alma, e do mundo que estamos a criar, todos em conjunto, está em jogo.
E tu, já decidiste para onde vais?

Meditação da Lua Cheia
14 de Novembro, 17.30h, Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora

Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequada para exprimir a gratidão.
A participação na cerimónia é por donativo.

Estão todos bem-vindos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...