Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Lua Cheia 12 de Janeiro : Passar pela noite escura para recomeçar sem medo

Será a primeira Lua Cheia depois do Solstício do Inverno, o momento no ciclo anual em que celebramos a vitória da Luz sobre a Sombra.
O Sol está em Capricórnio e a Lua Cheia nascerá em Caranguejo. Caranguejo é um signo de Água, e está ligado à Lua.

 A conjuntura em que a Lua aparece é uma Grande Cruz Cardinal: o Sol em Capricornio, a Lua em Caranguejo,  em quadratura com Jupiter em Balança e Urano em Aries. A Cruz Cardinal é como um moinho de energias emocionais que pode levar a divisão, comportamentos de risco, e reacções pueris. As emoções podem ser mais fortes do que nós e podem levar a comportamentos por impulso!

A Humanidade está a passar por um período particularmente intenso. A consciência aumenta, mas a divisão entre quem é compassivo por um lado e quem vive de forma egocêntrica, aumenta. É uma fase de renovação de um mundo virado para o ego para um mundo que experimenta uma forma mais elevada de consciência e iluminação.

A Lua Cheia em Caranguejo refere ao lar, à família, aos antepassados e ao passado. Todos temos de alguma forma feridas, dores ou cicatrizes que resultaram de experiências na infância ou juventude. É importante ver que memórias guardamos e que dores ainda não libertamos, e tratar disso - mas é igualmente importante reflectir sobre o lugar que ocupamos agora na sociedade.

Precisamos de liberdade, precisamos de sentir que a nossa vida faz sentido e tem um rumo. Precisamos de amor-próprio e de uma sensação de segurança interior. Precisamos de sentir-nos a salvo, acarinhados, sem amarras, expectativas ou obrigações. A Lua oferece a energia de suporte para reflexão e um olhar sincero no espelho da alma.

É altura de voltar à Luz, a fim de renascer inteiro e curado. É altura de perdão, mesmo para aqueles no passado ou na família que causaram tristeza ou mágoa.
A Lua Cheia em Caranguejo vai iluminar emoções reprimidas e dolorosas ligadas à família, passado e reacções condicionadas, e pedir para limpar, chorar o que ainda há para chorar e libertar o passado.
A Lua Velha, como é chamado esta Lua, representa um momento de limpeza profunda. A escuridão das noites do inverno serve para nos retiramos e ligar-nos novamente à Fonte.

Em breve a Natureza vai chamar-nos para surgir na Luz. Quando o calor e o sol da Primavera começam a guiar as sementes no seu crescimento, também nós vamos ser chamados para crescer e fazer o próximo passo na nossa evolução. Tal como as sementes, também nós precisamos de passar por um período de retiro, passado no escuro, para ganhar força para a proxima fase. Tal como as sementes que repousam, vamos ser chamados de assumir o nosso lugar na Terra e florescer.

É agora o momento indicado de olhar para os demónios que viajaram connosco do passado até ao dia de hoje. Olha-os na Luz da Lua , com compaixão e ternura. É altura de deixa-los ir, para que o dia de amanhã possa ser vivida em liberdade.

Nesta altura do ano é recomendável fazer uma limpeza ao fígado e ao sangue, para apoiar o corpo no processo emocional. Ama-te e cuida-te. Mereces.

Meditação da Lua Cheia
12 de Janeiro, 17.30h, Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora


Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequada para exprimir a gratidão.
A participação na cerimónia é por donativo.

Estão todos bem-vindos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...