Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

Meditação

Estar fisicamente num lugar enquanto a mente se passeia algures não é difícil, toda a gente sabe fazê-lo: a maior parte do tempo a mente está dispersa, galopando para todos os lados. Saber centrá-la e descontraí-la constitui um verdadeiro trunfo, particularmente num mundo onde projectos e as actividades nunca acabam. Observar regularmente a mente para verificar a sua orientação é um hábito a adquirir. Deste modo, pouco a pouco, nasce em nós uma autêntica abertura, a qual nos permite tomar uma atitude construtiva em todas as circunstâncias. Uma tal atitude revela-se preciosa na vida quotidiana. Um estado de mente negativo, pelo contrário, dá origens a tensões que acabam por perturbar a comunicação, que seja no seio da família ou da vida social e profissional. Tudo (o que acontece) está estreitamente ligado à perspectiva que escolhemos adoptar. Com um estado de mente positivo, podemos transformar todas as nossas actividades. Mesmo tarefas chatas (fastidiosas, cansativas, secantes) acabam por se tornar interessantes e as tensões interiores que elas ocasionavam anteriormente desaparecem... Quando ficamos alguns minutos na paz e sem tensões, vemos melhor em nós mesmos. Com o tempo esta faculdade torna-se natural. Conscientes no imediato do que se passa na mente, deixamos de ser apanhados por sentimentos negativos (aflições, ódios, intrigas) ou por pressões.

Venerável Takloung Tsetrul Tulku Pema Wangyal Rinpoche
texto adaptado do livro Diamantes de Sabedoria

Meditação, contemplação, um caminho para dentro de si próprio, que é trilhado desde há milhares de anos por muitas culturas, mas que só recentemente começa a encontrar um lugar na sociedade ocidental.

Meditação é encontrar a tranquilidade no nosso Ser, experimentar silêncio e paz interior, observar pensamentos sem os analisar ou julgar.

Mas meditação é também a exploração do desconhecido, a ligação com a Energia Universal - o potencial criativo, o aprofundamento do entender, o alargamento do amor, da compaixão e da tolerância.

O importante é encontrar a sua própria forma, o seu próprio caminho.

As sessões de meditação visam a experiência, e a aprendizagem de técnicas. Assim, são uma opção para quem procura descansar, para quem está sob stress diário, para quem procura aprofundar o sentido da sua vida.

Para além das múltiplas vantagens que a meditação traz ao practicante ao nível da harmonia entre corpo e espírito, as sessões de meditação procuram o aumento da consciência sensorial do corpo, do seu estado físico e emocional, e das suas necessidades específicas. Os exercícios apoiam o practicante na criação de uma imagem saudável e harmoniosa de si e na concretização desse ideal.

As meditações são guiadas, e acompanhadas por sons – música, mantrachanting ou o som das Taças Tibetanas. São utilizadas visualizações para apoiar, amplificar e fortalecer o processo interior dos practicantes.

Horário*:
3as feiras:
19.00h - 20.00h
5as feiras:
13.00h - 14.00h
18.30h - 19.30h
20.00h - 21.00h

Local:
Rua João de Deus 124 - Évora

Não é preciso reservar lugar - recomenda-se vir confortavelmente vestido.
* Qualquer outro horário pode ser combinado, desde que para grupos de 4 ou mais pessoas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...