Cada um de nós tem uma chave para a sabedoria universal dentro de si. Abrindo o coração, entrando no silêncio, podemos aceder ao conhecimento que o vento murmura.

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Lua Cheia em Aquario: O que podemos fazer para aliviar a dor do mundo?

Este mês de Agosto, quando o Sol ainda se encontra no signo de Leão, a Lua Cheia surgira no dia 15 no signo de Aquario.

A energia do signo de Leão está centrada no coração - a energia que é sentido por dentro e através do coração. Leão é o signo do Sol, centro do sistema solar, uma estrela que arde com um fogo intenso, oferecendo à Terra e às almas que a habitam, calor, luz, energia. É considerada a influência mais poderosa na astrologia, dando vitalidade e autoridade. Leão é o signo da confiança, porque sabe o que está no centro da vida: criatividade, amor, generosidade perante o outro, mas também um sentido profundo do Eu.
A força do Leão ajuda a estabelecer auto-confiança, que nasce da noção que cada um é responsável para as escolhas que faz na sua vida. Há força em cada um, e quando assumimos a responsabilidade pela nossa vida, deixamos de ser vítimas da situação - mesmo quando se trata de situações complicadas ou limitadores.

Precisamos da energia do Leão nos tempos que se avizinham. Nas últimas semanas muitos de nós têm sentido mudanças profundas nas suas vidas. Mudanças ao nível de habitação, trabalho, amizades ou relacionamentos.. tanta coisa que agora está diferente daquilo que pensávamos que ia ser.
Se houve mudanças que podíamos abraçar de boa vontade, porque era claro que eram situações que não podiam durar mais, outras mudanças eram (ou continuam a ser) mais difíceis de aceitar, porque puseram em causa tudo em que acreditavamos!

Também na sociedade as forças estão a reposicionar-se... Será que sabemos onde o movimento nos vai levar? Na sociedade, tal como nas nossas vidas privadas, os sistemas, crenças e ideais em que acreditávamos, estão sob pressão para mudar. Emoções extremas, como são o medo e a paixão, podem surgir e definir os contornos dos acontecimentos.

Principalmente o medo - medo da mudança, medo do outro - parece ocupar as mentes e alimentar outros emoções: rejeição, aversão e ódio. Estamos a ver um mundo que parece preso nas consequências dos seus próprios actos.

Agora, neste período em que os sistemas colectivos estão a sofrer uma fragmentação cada vez mais acentuada, somos chamados para assumir a nossa responsabilidade individual.
Continua assim o tema do portal do Leão do dia 8-8... e podemos perguntar:
Agora, com a Lua em Aquário, a pergunta impõe-se ainda mais: De que maneira contribuas, com a tua força unica e pessoal, para o bem-estar de todos e do planeta?
 

Sol em Leão, Lua em Aquário


Leão é o signo de fogo, que representa o espírito e a criatividade. O fogo, que consome e transforme qualquer coisa que para lá remetemos em calor e luz, representa a purificação e transformação. Elevado para um nível diferente, o fogo transforma a nossa consciência e abre a mente para entendimentos mais profundos e alargados.


No outro lado está a Lua, em Aquário. Signo de Ar, simboliza a Mente Cósmica. Aquário despeja a água, para que corre em liberdade... Aquário é o Ser Humano que traz uma bilha de água, predestinado para distribuir dois fluxos de energia cósmica - a todos que precisam e solicitam. Como se fossem dois rios: um com a água da vida, o outro um rio de Amor. Aquário é por excelência o signo que pede uma visão alargada, para que os talentos e dádivas individuais possas ser utilizados em benefício de todos. Vamos precisar a inspiração comunitária do Aquário também, nos tempos que se avizinham.

O que desejamos criar? Aquilo que desejamos, é realmente algo de coração, ou é algo alimentado pelo ambiente em que estamos, por aquilo que é desejado à nossa volta?
Nesta semana que nos vai levar à Lua Cheia de Agosto, é bom entrar no silêncio interior e descobrir o que o coração deseja. E vale a pena lembrar que cada um é dono do seu karma, cada um tem a responsabilidade sobre a sua vida. Só nós podemos ser a mudança que queremos no mundo.

Mas como podemos viver em paz, se houver tanto sofrimento no mundo?
Como podemos ser verdadeiramente feliz, quando sabemos que há guerra, terror, fome e destruição a cada momento algures na Terra?
Estamos todos conectados, e quando alguém sofre, todos os outros são influenciados.
Como há tanto sofrimento, podemos esquecer que também é verdade que podemos sentir o amor de todos. Se alguém ame, também nós amamos. É nesta conexão que vamos poder encontrar o poder de mudar o mundo.

Podemos escolher enviar amor em vez de medo. Podemos enviar amor a todos, ou podemos escolher a quem enviar. Por exemplo, podemos enviar amor aos que sofreram calamidades naturais, ou todos que perderam familiares em actos de ódio racial.
Fechando os olhos, silenciosamente repetindo: envio amor a.... Sentindo as palavras, sentido o coração a transbordar, sabendo que estás a criar uma pequena onda que agora vai viajar pelo mundo para todos que precisam.

(fonte)
Mais forte do que pensamentos são os actos: podemos impregnar todos os pensamentos, gestos e palavras que usamos, com a energia do nosso coração. Amando os nossos proximos verdadeiramente, criando um ambiente seguro em que eles possam ser quem são. Criando um ambiente em que possam sentir respeito, liberdade, igualdade.

A verdadeira natureza que trazemos no coração é abundante em compaixão, luz, amor e verdade. Começando connosco, podemos ser como Aquário, partilhando o fluxo sem fim do amor incondicional com aqueles que estão à nossa volta e aos quais estamos ligados: a nossa família, os amigos, o mundo em que vivemos.

Meditação e Cerimónia de Lua Cheia

4a feira, 14 de Agosto, 20.15 h 
Cromeleque dos Almendres, Guadalupe, Évora.

Para a cerimónia no Cromeleque, é costume trazer uma oferenda em agradecimento ao sítio: um pau de incenso, um pouco de água, uma pedrinha, uma flor, ou o que achar adequada para exprimir a gratidão.
A participação na cerimónia é por donativo.
Estão todos bem-vindos!

Meditação da Lua Cheia com Sessão de Sons (Taças Tibetanas)
5a feira, 15 de Agosto, 20.15h
Monte da Mesquita, Ilhas - Arraiolos 

(entrada pelo caminho à direita da Igreja Matriz das Ilhas)
Entrada livre - trazer uma manta para se poder deitar e ver as estrelas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...